terça-feira, 8 de setembro de 2009

A Margarida Friorenta Valor Amor/Afeto/Carinho

Objetivos: Perceber através das atividades vivenciadas a importância da afetividade sincera na vida de cada ser humano.


Obs: Esta aula pode ser desenvolvida ao longo da semana, caso não seja possivel realiza-la no mesmo dia.
Nesta aula apresentada, a atividade grupal foi feita pela professora responsável pela turma em sala de aula.



Planejamento feito tendo como inspiração o Livro abaixo:

Os alunos da escola são atendidos semanalmente na biblioteca para uma aula de contação de histórias, com foco nos valores humanos. Esta aulinha especial foi aplicada em setembro de 2008.


A propaganda da história da semana foi fixada uma semana antes no mural de entrada na escola.

Clique na imagem para ver ampliada.


Desenvolvimento da aula:

Método Direto:
1) Harmonização: música (sons da natureza)
Conversar sobre as percepções durante a harmonização.

2) Citação: “As dádivas feitas com carinho dobram de valor” Texto Hindu
Obs: Elaborar perguntas de acordo com o nível de entendimento da turma, para explorar ao máximo a compreensão e os sentimentos das crianças.


A história foi contada utilizando recursos adaptados (ampliação de uma borboleta que já tinha sido usada em outra história, uma boneca, cachorro de pelúcia, caixa de sapato). Interessante que as crianças lembraram e falei que era a mesma borboleta, vivendo novas aventuras e sempre colocando os valores em prática.



A MARGARIDA FRIORENTA
(Fernanda Lopes de Almeida)
Era uma vez uma margarida em um jardim.
Quando ficou de noite a margarida começou a tremer.
Ai passou a Borboleta Azul. A borboleta parou de voar.
- Por que você esta tremendo?
- Frio!
- Oh! E horrível ficar com frio! E logo em uma noite tão escura!
A Margarida deu uma espiada na noite.E se encolheu nas suas folhas.A Borboleta teve uma idéia:
- Espere um pouco! E voou para o quarto de Ana Maria.
-Psiu, acorde!
- Ah? E você, Borboleta? Como vai?
- Eu vou bem. Mas a Margarida vai mal.
- O que e que ela tem?
- Frio coitada!- Então já sei o remédio. É trazer a Margarida para o meu quarto.
- Vou trazer já.
A Borboleta pediu ao cachorro Moleque:- Você leva esse vaso para o quarto da Ana Maria?Moleque era muito inteligente e levou o vaso muito bem.
Ana Maria abriu a porta para eles. E deu um biscoito para Moleque.A Margarida ficou na mesa de cabeceira.
Ana Maria se deitou.Mas ouviu um barulhinho. Era o vaso balançando. A Margarida estava tremendo!
- Que e isso?
- Frio!- Ainda? Então já sei! Vou arranjar um casaquinho para você.
Ana Maria tirou o casaquinho da boneca. Porque a boneca não estava com frio nenhum.E vestiu o casaquinho na Margarida.
- Agora, você esta bem. Durma e sonhe com os anjos.Mas quem sonhou com os anjos foi Ana Maria. A Margarida continuou a tremer.Ana Maria acordou com o barulhinho.
- Outra vez? Então já sei. Vou arranjar uma casa para você!E Ana Maria arranjou uma casa para Margarida.Mas quando ia adormecendo ouviu outro barulhinho.Era a Margarida tremendo.Então Ana Maria descobriu tudo.Foi lá e deu um beijo na MargaridaA Margarida parou de tremer.E dormiram muito bem a noite toda.No dia seguinte Ana Maria disse para a Borboleta Azul:
-Sabe Borboleta? O frio da Margarida não era frio de casaco não!E a Borboleta respondeu:
- Ah! Entendi!

Reflexões:
A margarida está morrendo de frio no jardim. Mas não é falta de casaco. É um frio no coração...
Existem muitos tipos de frio, e o pior talvez seja aquele que nasce da falta de carinho. Seria esse o que a pequena margarida sentia?
4.Canto Grupal: Músicas que falem de amor, amizade. Você pode baixa músicas no site http://www.valoreshumanos.org/.
5. Atividade Grupal:
1. Em sala, os alunos recebem uma flor (recortar antes se as crianças forem muito pequenas).
2. Realiza-se um sorteio (tipo amigo oculto).
3.Eles deverão escrever uma mensagem de afeto, elogio, carinho, mensagem de apoio...
4. Dobra as pétadas da flor sobrepondo uma sobre a outra até fechar toda a flor.
5. Revela-se o amigo oculto, num clima de amizade e descontração.
6. Em seguida os alunos colocam a flor na água, suavemente, sem mergulhar e a flor se abre revelando a mensagem.
7. Os alunos podem pregar a flor numa folha e fazer desenhos, colar no mural, etc.
Atenção: É importante fazer a avaliação da atividade, comentando os valores envolvidos, os sentimentos e percepções dos alunos com vistas a mudanças de atitudes.






















Modelo da flor (Faça o teste antes de fazer com os alunos)





Nenhum comentário:

Postar um comentário